À pergunta em que estou a pensar, só me apetece dizer - OBRIGADA!

Mensagem da Presidente de Junta, Lurdes Queirós, a todos aqueles que diariamente cuidam do próximo.

À pergunta em que estou a pensar, só me apetece dizer - OBRIGADA!

Obrigada a quem nestes dias tão difíceis trata daqueles para quem muitas vezes são a família, filhos, netos, amigos, a quem trata das nossas PESSOAS MAIORES, os nossos idosos como agora lhes chamamos.


OBRIGADA a tantas mulheres e homens que nestes últimos dias têm carregado o peso, o medo, a angústia de famílias que não são suas mas que lhes estão entregues como se dependesse desta gente nobre as suas vidas.


Hoje pela manhã partilhei da ansiedade de alguém que dirige uma instituição onde os nossos especiais são tratados como seres diferentes mas únicos, aqueles a quem todos chamamos deficientes faltava material de proteção mas a verdade é que também nestas alturas vem ao de cima o que de melhor temos, juntaram-se vontades e acredito que a situação esteja resolvida até chegar uma encomenda que alivie estas necessidades.


De tarde tive o privilegio de saber que um dos nossos lares irá ficar em confinamento. Palavra que nos habituámos a ouvir nos últimos tempos.

OBRIGADA ao Centro Social Padre Angelo Ferreira Pinto!

OBRIGADA à sua direção aos seus colaboradores na sua maioria Mulheres que tiveram a coragem e a generosidade de perceber que só ficando no lar com os seus idosos, longe das famílias poderiam proteger e proteger-se.

Acreditem também eu fiquei assustada, como tenho adormecido e acordado nos últimos dias mas tão feliz no meu coração. Os dias e as noites não serão serenos nem calmos mas aqui fora acreditem tudo faremos para ajudar a aliviar- vos, assim como às vossas famílias.

Nas conversas que tenho mantido com as pessoas que dirigem as instituições da minha terra, muitas vezes com a consciência que o mais que posso fazer é ouvi-los, sei do esforço que todos têm feito para que tudo corra pelo melhor e merecem por tudo o que fazem que tudo corra bem!


Eu foi educada por pais lutadores que me ensinaram que a vida tem por vezes momentos terríveis mas que unidos, cada um a fazer o melhor que sabe tudo se há de resolver.


Nestes dias tão maus importa valorizar estas atitudes fantásticas que se multiplicam.
OBRIGADA!

Maria de Lurdes Queirós

Presidente da Junta de Freguesia de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo